Asma – Fisiopatologia, terapia nutricional, suplementação…

Última Atualização: 22/08/2021

Terapia Nutricional:

Fibras:

O consumo de fibras em sido associado a um menor risco de mortes por doença respiratória, uma melhora da função respiratória e um menor risco de DPOC. (1)

Foi encontrado uma relação inversa entre o consumo de fibras e a persistência da asma. (1)

Foi encontrada uma relação inversa entre o consumo de fibras solúveis e inflamação das vias áreas  na asma.(1)

Maior consumo de fibras foi associado a menos sintomas de asma (1)

Uma dose única de fibras solúveis já foi capaz de promover  uma redução da inflamação das vias áreas  (1)

Em crianças a baixa produção de acidos graxos de cadeia curta produzida pela microbiota na degradação das fibras  foi capaz de alterar a microbiota intestinal e pulmonar. (1)

Um maior consumo de fibras (principalmente insolúvel) foi associada a uma redução dos sintomas e melhora do controle da asma.(1)

Fisiologia:

Asma é uma doença crônica inflamatória associada recentemente a um desbalanço na microbiota. (1)

Dietas baixas em fibras  mostraram capazes de afetar o sistema imune, promovendo o desenvolvimento de desordens imunes como alergias e asma. (1)

Referências Bibliográficas:

1.          Andrianasolo RM, Hercberg S, Kesse-Guyot E, Druesne-Pecollo N, Touvier M, Galan P, et al. Association between dietary fibre intake and asthma (symptoms and control): Results from the French national e-cohort NutriNet-Santé. Br J Nutr. 2019;122(9):1040–51.