Função hepática:

Bilirrubina; total, direta e indireta:

Realizados para avaliar a função hepática.

Uso em exames:

  • Avaliação da função hepática (1)

Valores de referência:

  • Bilirrubina Direta adultos: 0,0 – 0,4 mg/dL (1)
  • Bilirrubina Total adultos: 0,3-1,2 mg/dL (1)

Valores elevados:

  • Lesão hepatocelular (1)
  • Obstrução biliar (1)
  • Hipotireoidismo (1)

Valores diminuídos:

  • Fármacos (Ex: barbitúricos) (1)

(AST ou TGO) / (ALT ou TGP):

Uso em exames:

  • Teste mais sensível para lesão hepatocelular aguda. (1)
  • Precedem em 1 semana a elevação da bilirrubina. (1)

Valores de referência:

  • AST – 10-40 U/L (1)
  • ALT – 10-40 U/L (1)
  • Existe pouca correlação entre a concentração elevada e a extensão da necrose hepática. (1)
  • Apesar de ser um bom marcador hepático o TGO/AST é um marcador indireto, pois é retirado do sangue e não do fígado diretamente. Podendo sofrer interferências musculares devido a atividade física.
  • O TGP/ALT já é um marcador mais específico para o fígado.

Valor ideal:

10-20 (Ideal)20-3030-40
  • Quanto menor os quartis de AST e ALT maior a proteção para doenças cardiovasculares.
  • A relação AST/ALT  deve ser próxima a 1

Valor aumentado:

  • Uma razão AST/ALT >3 é um sinal de alerta para esteatose.
  • Lesão hepatocelular. (1)
  • Hepatite alcoólica (AST>ALT) (1)
  • Hipotireoidismo (1)
  • Lesão hepática induzida por drogas (1)
  • Exercício intenso (1)

Valor diminuído:

  • Azotemia (1)
  • Diálise renal (1)

GGT:

É responsável pelo metabolismo extracelular da glutationa, o principal antioxidante nas células. (1)

Uso em exames:

  • Para monitoramento de doença hepática  (1)
  • Teste de triagem para alcoolismo oculto (1)

Valores de referência:

  • 7-50 UI/L (1)

Valor ideal:

Quanto menor os quartis de GGT maior a proteção para doenças cardiovasculares.

Valor aumentado:

  • DM (1)
  • Hipertireoidismo (1)
  • DPOC (1)
  • Fármacos (furosemida, heparina, anovulatórios… ) (1)
  • Abuso de álcool (1)
  • Esteatose hepática (1)
  • Doença hepática (1)
  • Observa-se um aumento de 25-50% com o aumento do IMC. (1)

Valor diminuído:

  • Hipotireoidismo (1)

Referências Bibliográficas:

1- Willimson MA, Snyder LM. Wallach – Interpretação de Exames Laboratoriais. 10a. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2016. 1225 p.