Climatério / Menopausa – Fisiologia, terapia nutricional, suplementação…

Última atualização: 19/08/2020

Diagnóstico:

Alterações bioquímicas:

  • Saúde óssea:
    • Cálcio
    • Magnésio
    • Vit.D

As alterações nas concentrações de estrógeno e progesterona modificam fortemente o metabolismo do cobre, aumentando sua concentração no soro, fígado e rins. (1)

O estrógeno aumenta a concentração de transferrina sérica e os valores de ferro em decorrência do amento da transcrição do gene da transferrina. (1)

A maior parte dos estudos (apesar de conflitante) demonstrou uma diminuição do zinco sérico com a administração de estrógeno.  (1) Foi observado que o pool de zinco e selênio diminui em mulheres idosas. (1)

Objetivo do tratamento:

Tratamento Médico:

Farmacologia:

Promensil:

Atuando no fogachos através da síntese de serotonina.

80mg de isoflavonas de trevo vermelho (2)

Terapia nutricional:

Resumo:

  • Adequar ingestão de cálcio.
  • Adequar ingestão de magnésio.
  • Aumentar o consumo de isoflavonas (3)

Suplementação nutricional:

  •  Vit. D
  • Ácido fólico – 5mg (Dose extremamente alta!) (4)
  • Isoflavonas 80mg (3)

Plantas indicadas:

  • Angelica sinensis (Angélica chinesa) ou (Dong Quai) (5,6)
  • Cimicifuga racemosa (Cimicífuga) (5)
  • Dioscorea villosa (Inhame mexicano) (5)
  • Glycine Max (Soja) (5)
  • Glycyrrhiza glabra (Alcaçuz) (5)
  • Salvia officinalis (Sálvia) (5)
  • Trifolium pratense (Trevo-vermelho) (5)
  • Vitex agnus-castus (Vítex) (5)
  • Matricaria Chamomilla (6)

Chás:

Formulações:

Formulação 1:

  • Cimicifuga racemosa (rizoma) – 60mg extrato seco padronizado por capsula (5)
  • Tomar 1 capsula 2x ao dia.

Angelica Sinensis:

A angelica sinenses (Dong Quai) – 75mg atua com uma atividade “estrogênio like”, capaz de diminuir  o número e a intensidade dos fogachos, e alteração do sono e fadiga. (6)

Matricaria Chamomilla:

Matricaria Chamomilla – 30mg funcionando como um GABA mimético, capaz de diminuir  o número e a intensidade dos fogachos, e alteração do sono e fadiga. (6)

Isoflavonas:

A suplementação de 25g de proteína de soja isolada (75mg de isoflavonas)  (5)

As isoflavonas também podem atuar de forma significativa na ansiedade e na depressão, 80mg de trevo vermelho, pois os Fitoestrógenos atuam na síntese de serotonina.(4)

Outros tratamentos:

Fisiopatologia:

A menopausa, a última menstruação da mulher, ocorre por volta dos 50 anos e corresponde à falência ovariana em responder aos estímulos das gonadotrofinas, que, mesmo tendo seu aumento acentuado, não consegue forçar os ovários a amadurecerem mais folículos e, com isso, os hormônios ovarianos estrogênio e progesterona caem a níveis muito baixos, provocando sintomas. (5) Em grande parte provocados pela queda do estradiol, queda da serotonina e pelo aumento da predominância adrenérgica.

Fatores de risco:

Sintomas:

  • Fogachos (5)
  • Sudorese noturna (5)
  • Sensação de calor no alto do corpo (5)
  • Vermelhidão na face (5)
  • Diminuição da libido (5)
  • Atrofia Genitália (5)
  • Secura vaginal e da pele (deficiência de líquidos) (5)
  • Pulso rápido (5)
  • Língua vermelha com saburra ressecada (5)

Massa óssea / osteoporose:

A diminuição na produção de estrógeno na menopausa esta associada com a perda acelerada da massa óssea. (1) Isso porque a baixa do estrógeno esta implicada com a diminuição da absorção do cálcio, sendo essa baixa persistente em ate 40 anos após a menopausa. (1)

Por isso, a suplementação de Vit. D deve ser considerada, e apesar disso, as necessidades de cálcio não são alteradas.

Obs: A suplementação de cálcio para essas mulheres foi associada a um aumento na tendência de eventos cardiovasculares.

Serotonina:

Mulheres na menopausa apresentam menores concentrações de serotonina.

O estradiol também participa na síntese de serotonina.

Fogachos:

Mulheres na menopausa apresentam menores concentrações de serotonina, e a serotonina est diretamente envolvida na termorregulação. Estão relacionados a vasodilatação e a dissipação do calor.

O estradiol também participa na síntese de serotonina. Além disso na termorregulação ele influencia na dissipação do calor através da vasodilatação.

Referências bibliográficas:

1- Cozzolino S. Biodisponibilidade de Nutrientes. 6a. São Paulo: Manole; 2020. 934 p.

2- Van De Weijer PHM, Barentsen R. Isoflavones from red clover (Promensil®) significantly reduce menopausal hot flush symptoms compared with placebo. Maturitas. 2002;42(3):187–93.

3- Lipovac M, Chedraui P, Gruenhut C, Gocan A, Stammler M, Imhof M. Improvement of postmenopausal depressive and anxiety symptoms after treatment with isoflavones derived from red clover extracts. Maturitas. 2010;65(3):258–61.

4- Gaweesh SS, Abdel-Gawad MMM, Nagaty AM, Ewies AAA. Folic acid supplementation may cure hot flushes in postmenopausal women: A prospective cohort study. Gynecol Endocrinol. 2010;26(9):658–62.

5- Saad G de azevedo, Léda PH de oliveira, Sá I manzali, Seixlack AC. Fitoterapia Contemporânea – Tradição e Ciencia na pratica Clínica. 2a Ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2016. 441 p.

6- Kupfersztain C, Rotem C, Fagot R, Kaplan B. The immediate effect of natural plant extract, Angelica sinensis and Matricaria chamomilla (Climex) for the treatment of hot flushes during menopause. A preliminary report. Clin Exp Obstet Gynecol [Internet]. 2003;30(4):203–6. Available from: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/14664413