Polifenóis:

Última Atualização: 25/01/2021

Contempla uma ampla gama de fitoquímicos.

Flavonoides. (1)

  • Quercetina
  • Catequina
  • Isoflavonas
  • Antocianinas

Não Flavonoides (1)

  • Ácido gálico
  • Ácido elágico
  • Ácido clorogênico
  • Resveratrol

Os compostos fenólicos são um dos grandes grupos de antioxidantes e são substâncias naturalmente presentes a maioria dos vegetais e são, portanto, parte da dieta humana. (1)

Compostos fenólicos são definidos quimicamente como substâncias que possuem anel aromático com um ou mais substituintes hidroxílicos, incluindo seus grupos funcionais.

  • Podem ser pigmentos, produtos do metabolismo secundário (Defesa das plantas contra agressões do meio ambiente).

Metabolismo, absorção e biodisponibilidade:

Polifenóis menores e na forma monomérica possuem maior capacidade de atingir a corrente sanguínea e os tecidos alvo no organismo. (1)

Estudos tem reconhecido a biodisponibilidade como a medida quantitativa da utilização de um nutriente e asseguram que os fatores que determinam essa disponibilidade devem ser considerados. (1)

A maior parte dos polifenóis está presente na alimentação sob a forma de ésteres, glicosídeos, ou polímeros que não podem ser absorvidos na sua forma nativa. (1) Isso faz com que tenham que ser hidrolisados pelas enzimas intestinais ou pela microflora do colón antes do processo de absorção. (1)

Quando a flora intestinal está envolvida, a eficiência de absorção é frequentemente reduzida, porque a flora também degrada as agliconas, produzindo diversos ácidos aromáticos simples. (1)

Depois de absorvidos, os polifenóis são metabolizados no intestino delgado e no fígado, sofrendo principalmente metilação, sulfatação e glucuronidação. (1)

Alguns autores estudaram a digestibilidade e bioacessibilidade dos polifenóis e mostraram que o teor de gordura das amostras de cacau testadas aumenta a digestibilidade de alguns compostos fenólicos, especialmente proantocianidinas no duodeno. (1) O mecanismo proposto foi relacionado à capacidade da fração de gordura de interagir com certos compostos fenólicos seguida de uma melhor micelização dos fenóis digeridos. (1)

Efeitos no organismo:

Polifenóis tem diversos efeitos biológicos como: sequestro de espécie radicais de oxigênio, modulação da atividade de algumas enzimas especificas, inibição da proliferação celular, ação genômica e anti-inflamatória.

Paradoxo Francês: Efeito atribuído aos componentes do vinho tinto, que diminuem a oxidação da LDL, a agregação plaquetária e a formação de trombos na população, mesmo consumindo quantidades elevadas de gorduras saturadas.

Referências bibliográficas:

1- Philippi ST, Pimentel CV de MB, Elias MF. Alimentos Funcionais e compostos bioativos. 1a. São Paulo: Manole; 2019. 893 p.