Inflamação:

Última Atualização: 29/08/2021

Inflamação sistêmica e resposta de fase aguda:

Quando a produção de TNF-α, Il-1β, Il-6, em um sitio de inflamação é alta, os níveis séricos destas citocinas aumentam, e efeitos sistêmicos são deflagrados.(1) Dentre eles estão febre, mal-estar, dores musculares e diminuição do apetite. (1)

Além disso essas citocinas atuam sobre hepatócitos aumentando a síntese de proteínas de fase aguda positiva, entre as quais a ferritina, PCR, MBL, bem como para diminuir a síntese das proteínas de fase aguda negativa, incluindo albumina e proteína ligadora de retinol (RBP). (1)

O ferro ligado a transferrina diminui como resultado da síntese aumentada de hepcidina. A hepcidina bloqueia a reciclagem normal do ferro ligado à transferrina pelos macrófagos, com consequente aumento dos níveis intracelulares e diminuição dos níveis séricos de ferro. (1)

A inflamação crônica pode resultar em anemia da doença crônica, por meio da diminuição da disponibilidade de ferro para eritropoiese. Os níveis séricos de zinco também diminuem durante a resposta de fase aguda. (1)

O metabolismo de macronutrientes é igualmente afetado durante a resposta de fase aguda, com níveis elevados de triglicerídeos séricos, β-oxidação diminuída e gliconeogenese aumentada. (1)

Referências bibliográficas:

1- Ross AC, Caballero B, Cousins RJ, Tucker KL, Ziegler TR. Nutrição Moderna de Shills na Saúde e na Doença. 11a. São Paulo: Manole; 2016. 1642 p.