Sais de cetona

Última Atualização: 27/08/2021

Mecanismo:

Na ausência ou na redução importante dos carboidratos, o fígado passa de órgão utilizador de carboidratos e sintetizador de lipídios a “queimador” de lipídios e sintetizador de corpos cetônicos, sendo este ultimo o produto da desintegração incompleta dos ácidos grãos no órgão. (1)

Os corpos cetônicos são compostos ricos em energia (acetoacetato, β-hidroxibutirato, acetona) que são transportados do fígado para a corrente sanguínea, e utilizados por órgãos como coração, músculos esqueléticos e cérebro. (1)

                No cérebro os corpos cetônicos produzidos pelo jejum exercem efeitos anticonvulsivantes. (1)

Alguns sinais físicos de que o corpo esta em estado de cetose são:  sede, vontade de urinar frequente, halito adocicado, e diminuição do apetite. (1)

Suplementação:

A suplementação de esters de cetona vem com a proposta de que em atividades de resistência O ester pode modificar a hierarquia de utilização de nutrientes em favor da cetona e dos lipídios, poupando o glicogênio muscular. Em contrapartida,  a redução da atividade glicolítica pode fazer com que o atleta perca potencia, especialmente em atividades que dependam da glicólise anaeróbia. (1)

Estudos tem demonstrado que ouve um aumento na oxidação de lipídios com a   suplementação de beta-hidroxibutirato nas intensidades submáximas entre  30 e 60% do vo2 max. Contudo  o desempenho no grupo suplementado mostrou-se menor, principalmente em modalidades que exigem alta intensidade. (1)

Referências bibliográficas:

1- Lancha Jr., A. H., Rogeri, P. S. & Pereira-Lancha, L. O. Suplementação Nutricional no Esporte 2a Ed. (Guanabara Koogan, 2019).