Urtica dioica – Urtiga

Nome cientifico:

Urtica dioica

Nome Popular:

Urtiga

Parte Utilizada:

Casca e raízes

Produto disponível no mercado:

  • Droga vegetal para a decocção
  • Tintura
  • Extrato seco
  • Extrato seco padronizado a 0,8% de beta-sitoesterol

Posologia:

  • Extrato seco: 120mg 3x ao dia – Alguns fornecedores recomendam doses de 300-600mg/dia
  • Extrato seco padronizado a 0,8% de beta-sitosterol: 100-250mg 2x ao dia
  • Tintura: 5 gotas 3x ao dia – Pode ser utilizado 15-30 gotas
  • Droga vegetal para decocção: 1-2g em 150mL

Segurança:

Principais Indicações:

Hiperplasia Prostática Benigna:

(+Sobre a hiperplasia)

As raízes são mas interessantes na HPB.

Um estudo em humanos utilizou o extrato fluido das raízes, contendo 100mg por mL. Foi dado a cada paciente 120mg de urtiga (1,2mL) 3x ao dia, durante 6 meses. Nesse estudo foi encontrado uma diminuição dos sinais e sintomas, além de um aumento do fluxo urinário máximo e uma diminuição do resíduo urinário pós miccional. (1)

Porém sem alterações no tamanho da próstata, do PSA sérico e dos níveis de testosterona. (1)

Esse estudo não encontrou efeitos adversos, e concluiu que ela pode ser utilizada junto a outras terapia medicamentosas. (1)

Em relação ao seu mecanismo de ação, alguns autores sugerem que ela possa inibir a 5-alfa-redutase, porém isso não é um consenso, enquanto outros sugerem uma ação anti-inflamatória, pela modulação do NFkB.

Além disso a urtiga é capaz de inibir a aromatase, inibindo o feedback negativo de estrógeno e seu consequente estimulo para a produção do DHT. (2)

Referências Bibliográficas:

1- Safarinejad MR. Urtica dioica for treatment of benign prostatic hyperplasia: a prospective, randomized, double-blind, placebo-controlled, crossover study. J Herb Pharmacother [Internet]. 2005;5(4):1–11. Available from: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16635963

2- Dhouibi R, Affes H, Ben Salem M, Hammami S, Sahnoun Z, Zeghal KM, et al. Screening of pharmacological uses of Urtica dioica and others benefits. Prog Biophys Mol Biol [Internet]. 2020 Jan;150:67–77. Available from: https://linkinghub.elsevier.com/retrieve/pii/S0079610719300987